Artigo

16 pontos essenciais para uma reforma política boa para o Brasil

Escrito por

Luiz Philippe de Orleans e Bragança

Conheça 16 pontos necessários para uma reforma política de sucesso
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Reforma política sendo conduzida por um Congresso notoriamente não representativo é um problema. Outro grande porém, algo que coloca o sucesso da empreitada em risco, é querer “reformar” o Brasil sem visão. Na minha opinião, tocar um projeto dessa magnitude que nossos parlamentares tenham a visão do todo, acaba tornando o que estão fazendo em uma série de remendos.

Mas qual seria a reforma politica ideal? Qual é o ideal da reforma? Mais uma vez, sem a visão do todo algumas regras podem mudar. Então qual reforma politica seria interessante para começar a mudar a estrutura de poder de Brasilia? Em uma conversa com ativistas políticos, dentre eles colegas do Movimento Liberal Acorda Brasil, listamos 16 pontos que consideramos inquestionáveis para que o Brasil dos nossos filhos e netos tenha, de fato, chances de ser aquilo que todos desejamos: uma nação forte, soberana e justa.

16 pontos para uma reforma política eficiente

  1. Voto distrital puro em dois turnos para atingir maioria simples.
  2. Aplicação do critério da proporcionalidade populacional por distrito: variando o tamanho do distrito.
  3. Assinalar a competência do desenho de cada distrito ao estado membro.
  4. Fim do Fundo Partidário.
  5. Fim de qualquer mecanismo de financiamento público de campanha.
  6. Fim de suplencias e Vices.
  7. Implementar financiamento privado com limites.
  8. Proibir doações de pessoas físicas e jurídicas prestadoras de serviço público ou com financiamento de bancos do Estado.
  9. Permitir candidatura a qualquer cargo eletivo não vinculada com partido.
  10. Fim da reeleição para Poder Executivo e Senado.
  11. Eliminação das emendas parlamentares ao Orçamento.
  12. Fim das coligações para quaisquer eleições.
  13. Restringir matéria paga de governos e estatais na mídia exceto para caso de informativo de saúde e segurança pública.
  14. Voto impresso e auditável.
  15. Recall de mandato.
  16. Voto facultativo

Existem outros pontos que podem ser incorporados a lista, mas os 16 pontos acima são o bastante para garantir um sistema político muito mais representativo, transparente e de baixo custo do que temos hoje. A reforma que propomos é muito melhor inclusive do que a que esta em discussão no congresso, como pode ser visto neste artigo escrito por mim. Se você concorda com nossas propostas, e gostaria de ver esses 16 pontos balizando a reforma política conduzida em Brasília, compartilhe este texto com seus amigos. Faça sua opinião chegar em seu deputado e senador. Faça sua voz e sua vontade serem ouvidas. Para quem quiser saber mais sobre essa proposta deixe um comentário posso fazer uma explicação ao vivo no Facebook.

Comente

Conteúdos relacionados

O Mecanismo

No Podcast de hoje falo sobre o mecanismo e como ele está se realinhando através da constitucionalização de programas e projetos.

Ver mais