Artigo

Luiz Philippe lança livro em Taubaté

Escrito por

Luiz Philippe de Orleans e Bragança

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Cidade é a primeira do Brasil a receber o lançamento do livro #Antesqueapaguem

Na Terça-feira, dia 12 de julho, Taubaté e região estão convidadas para um bate-papo com o deputado e cientista político Luiz Philippe, na Estação Conhecimento. A presença do deputado estadual Castello Branco também está confirmada.

Verdades com poucos caracteres – O Twitter é uma plataforma que, ao permitir apenas poucos toques para comunicação, obriga o autor à concisão e o leitor à rapidez de raciocínio e reação. Considerado por muitos “terra de ninguém”, foi justamente esse o canal escolhido pelo cientista político Luiz Philippe de Orleans e Bragança  para expor os atores e as instituições, em um manifesto pela liberdade, e registrar parte importante da nossa História. Publicado pela Maquinaria Editorial, o livro “Antes que Apaguem” denuncia os abusos cometidos por todas as instâncias de poder e propõe uma nova organização de Estado.

Estruturado a partir de dois anos de tuítes de Luiz Philippe publicados nas diversas circunstâncias – às vezes até bizarras – em que a população brasileira se encontrava, e se encontra até hoje, em virtude da corrupção, da pandemia, da supressão das liberdades individuais e do cerceamento imposto pela Constituição, o livro é um sopro de lucidez política em um cenário de incerteza, incompetência, imprecisão científica e desmandos que afetam toda a população. “Antes que Apaguem” aborda tanto questões nacionais, como nova Constituição e STF; até temas ligados a  Relações Exteriores – Luiz Philippe foi vice-presidente da CREDN (Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional na Câmara dos Deputados) -, como relações internacionais e Big Techs, um dos motes que deu origem ao título.

“Este é um livro-manifesto pela liberdade de expressão na internet e contra as políticas manipuladoras de cancelamento por parte das Big Techs, com a falsa premissa de defesa pela democracia”, declara Luiz Philippe sobre sua nova obra. Ele acrescenta: “A próxima geração não saberá estabelecer a diferença entre liberdade e manipulação no universo on-line, pois já nascerá sob as novas condições e códigos impostos”.

O primeiro livro de Luiz Philippe, “Por que o Brasil é um País Atrasado?”, em segunda edição pela Maquinaria Editorial, tornou-se best seller em apenas três anos de publicação, com a marca de 50 mil exemplares vendidos em formato físico e digital. Obra de referência para estudantes, professores de Economia, Sociologia e Política, interessados e ativistas, esta segunda obra, “Antes que Apaguem”  é destinada a um espectro de público ainda mais amplo e espera-se capilaridade e popularidade maiores que sua obra inaugural.

Edição de vanguarda – O design moderno, leve e acessível à leitura, apresenta páginas com linhas e espaços livres para respiros do olhar,  trechos em destaque, links e QR Code para consulta às fontes, além de comentários anexos aos tuítes que contextualizam o leitor aos diversos períodos da história recente, em ordem cronológica. A capa segue o minimalismo elegante de  poucas cores e  fontes e é atrativa tanto para exposição em prateleiras como para divulgação em meio digital.

Importante mencionar o trabalho dos editores de “Antes que Apaguem”, pois nesse caso a edição valoriza o excelente conteúdo fornecido por Luiz Philippe, fundando um gênero literário com base nas experiências de leitura da geração que recorre, primordialmente, às informações das redes sociais. Só o ineditismo desse formato e a habilidade e concisão de Luiz Philippe para condensar a História recente dos bastidores do poder já seriam uma boa orientação de leitura, entretanto, a linguagem que dança entre o coloquial e o padrão, dando a cada um o seu lugar no discurso,  são motivos adicionais para conquistar o leitor de vez, logo nas primeiras páginas.

É bem verdade que não é qualidade deste livro deixar o leitor confortável, ao contrário, montar o quebra-cabeças que a imprensa e o “establishment” desmontaram é uma tarefa maior que a do autor e que só se pode cumprir  na interação com seu público, como é, convenientemente, praxe em redes sociais como o Twitter, que permite trends se estenderem como um longo debate a ser recuperado em livros como “Antes que Apaguem”, o primeiro no gênero literário a propor esse formato no âmbito das discussões políticas.

Quem começa a ler à noite, prepare-se para varar a madrugada, Luiz Philippe não vai deixar você dormir. Se dormir, aposto que “Antes que Apaguem” vai ficar na sua cabeceira. E permanecer lá mesmo depois de lido.

Serviço:

Lançamento:

Dia 12 de julho de 2021

Horário: 18h30min

Local: Estação do Conhecimento da Estação Ferroviária de Taubaté

Endereço: Parque Dr. Barbosa de Oliveira, 317 – Centro

Comente