Nova Constituição Libertadora é lançada em São Paulo

Escrito por

Luiz Philippe de Orleans e Bragança

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

“A Libertadora – Uma constituição para o Brasil” traz o texto integral da nova Constituição com comentários dos autores, e será lançada com palestra e noite de autógrafos em São Paulo

Coordenada pelo deputado federal e descendente da família imperial, Luiz Philippe de Orleans e Bragança, a Constituição tem organização da dra. Renata Tavares, mestra em Relações Internacionais; e coautoria do Consultor Legislativo e jurista dr. Joanisval Gonçalves, do juiz e professor universitário, Dr. Mário Jorge Panno e do advogado e empresário, Ton Martins. Todos estarão presentes ao lançamento, que inclui breve palestra e noite de autógrafos.

A obra tem publicação pela LVM Editora, com edição de Chiara Ciodarot di Axox, e é fruto de mais de seis anos de trabalho de Luiz Philippe, desde seu projeto, considerado missão e legado para as próximas gerações, até a escritura do texto, que leva em consideração não apenas a tradição constitucional brasileira, que se confunde com a própria História do Brasil, mas busca preencher as lacunas legais e promover formas institucionais atualizadas. Há cerca de seis meses a primeira versão tem passado por fóruns nas redes sociais e tem um site para participação da sociedade: https://constituicaolibertadora.com.br/

Trata-se, também, de obra atemporal, pois ao contrário da constituição de 1988, o subtítulo “Libertadora” preza por recuperar as liberdades individuais, descentralizar os poderes e promover princípios que podem levar o Brasil ao desenvolvimento e os brasileiros à prosperidade. “Não por acaso o lema da nova constituição é ‘Brasil soberano, brasileiro livre’, pois temos que inserir o Brasil no panorama internacional, e ao mesmo tempo garantir freios e contrapesos para coibir abusos das instituições dentro do nosso próprio país” declara Luiz Philippe, descendente de d. Pedro I, que outorgou a primeira carta constitucional brasileira, em 1824.

O livro “A Libertadora – Uma Constituição para o Brasil” já está em pré-venda pela Amazon no link:

Comente